O PERFIL DOS QUE MINISTRAM NA COMUNIDADE CRISTàCONTEMPORÂNEA


Há um enorme equívoco no meio evangélico que se enraizou na mente de alguns crentes, quando o músico, ou ministro de louvor é exclusivamente chamado de levita da casa de Deus. Assim como muitos erros de interpretação bíblica causaram enormes contradições pela falta de harmonização de textos com contextos, apesar do caso aqui exposto se tratar de contexto remoto, gramatical, histórico e cultural, a comparação feita especialmente do músico atual para com o levita da Bíblia é mais um exemplo disso.

Mas, quem eram, de fato, os levitas descritos na Bíblia?

O que eles realmente faziam?

Que ligações possuem os levitas das Escrituras com os “levitas” de nossos dias?

Quais os equívocos causados quanto ao assunto em questão?

Os levitas eram os membros da tribo de Levi, terceiro filho do patriarca Jacó.

Formavam uma tribo separada, sem território, sem herança terrena, sem recenseamento com as demais tribos, porque tinham a benção do alto, privilégio de ter o Senhor como seu quinhão. Por isso Levi não tem parte nem herança com seus irmãos:

É por isso que os levitas não têm nenhuma porção de terra ou herança entre os seus irmãos; o Senhor é a sua herança, conforme o Senhor, o seu Deus, lhes havia prometido.

Deuteronômio 10:9 Era a tribo dos sacerdotes (cohanim), descendentes de Arão, por sua vez descendente de Levi: “Assim consagrarei a Tenda do Encontro e o altar, e consagrarei também Arão e seus filhos para me servirem como sacerdotes. Êxodo 29:44

Encarregue Arão e os seus filhos de cuidar do sacerdócio; qualquer pessoa não autorizada que  se aproximar do santuário terá que ser executada”. Números 3:10

Isso quer dizer que todo sacerdote (cohen) era levita, mas nem todo levita era

Faze chegar a tribo de Levi, e põe-na diante de Arão, o sacerdote, para que o sirvam.

 

Números 3:6

LEVI é uma palavra de origem Hebraica (LÊWI) que tem sua raiz na palavra

IÃWÂ que significa JUNTAR e HILLAWEH que significa UNIR.

Foi o nome dado ao terceiro filho de Jacó com Lia, a bíblia diz que Jacó amava a Raquel e fez um acordo com Labão seu pai para trabalhar sete anos tendo como recompensa ao fim destes que Labão lhe desse sua filha Raquel em casamento.

Ao final dos sete anos Labão entregou sua filha Lia a Jacó sob a alegação de que não era justo entregar a filha mais nova primeiro que a mais velha, assim Jacó trabalhou mais sete anos por Raquel.

Jacó amava mais a Raquel do que a Lia, então quando Lia teve seus dois primeiros filhos, que os chamou Rubem e Simeão, ela acreditava que Deus a deu Rubem porque viu a aflição pela qual passava e Simeão porque Deus viu que ela era desprezada por seu marido. Quando Levi nasceu ela acreditou que este nascera para uni-la a seu marido.

 

“E concebeu outra vez, e deu à luz um filho, dizendo: Agora esta vez se unirá meu marido a mim, porque três filhos lhe tenho dado. Por isso chamou-o Levi”.

Quando o povo de Israel atravessava o deserto o Senhor nomeou Arão e seus filhos para ministrarem ao povo como sacerdotes, Deus chamou a Moisés e ordenou que construísse o tabernáculo, todas as vezes que o povo de Israel se deslocava no deserto o tabernáculo era desmontado e montado novamente, era um trabalho pesado e dispendioso, assim Deus providenciou para que Moisés e seus filhos recebessem a ajuda necessária.

“Faze chegar a tribo de Levi, e põe-na diante de Arão, o sacerdote, para que o sirvam”. Números 3:6

A tribo de Levi tinha a incumbência de montar e desmontar o tabernáculo, lavar

os utensílios, arrumar e organizar para que tudo estivesse pronto quando Arão e seus filhos fossem se apresentar e claro, ministravam no tabernáculo diante do povo.

Juntamente com Arão e seus filhos, havia outras pessoas que colaboravam no

tabernáculo, eram os primogênitos, aqueles que Deus ordenara que fossem separados para Ele, à medida que o tempo se passava mais crescia a importância do trabalho dos levitas diante do Senhor, finalmente então, os levitas foram instituídos representantes oficiais da linhagem sacerdotal e aos poucos a outras tribos de Israel puderam resgatar seus primogênitos do trabalho sacerdotal, purificando assim a linhagem dos levitas:

“E disse o Senhor a Moisés: Conta todo o primogênito homem dos filhos de Israel, da idade de um mês para cima, e toma o número dos seus nomes, E para mim tomarás os levitas (eu sou o Senhor), em lugar de todo o primogênito dos filhos de Israel, e os animais dos levitas, em lugar de todo o primogênito entre os animais dos filhos de Israel. E contou Moisés, como o Senhor lhe ordenara, todo o primogênito entre os filhos de Israel. E todos os primogênitos homens, pelo número dos nomes dos da idade de um mês para cima, segundo os que eram contados deles, foram vinte e dois mil e duzentos e setenta e três. E falou o Senhor a Moisés, dizendo: Toma os levitas em lugar de todo o primogênito entre os filhos de Israel, e os animais dos levitas em lugar dos seus

animais; porquanto os levitas serão meus: Eu sou o Senhor. Quanto aos duzentos e setenta e três, que se houverem de resgatar dos primogênitos dos filhos de Israel, que excedem ao número dos levitas”. Números 3:40-46

 

Um levita é um sacerdote, escolhido, separado, consagrado e instituído por Deus para realizar sua obra, o levita tem o dever de unir o homem a Deus, é um ministro do evangelho, o levita não tem herança nesta terra, vive por Deus e para Deus.

 

 

As funções dos levitas

 

“Manual Bíblico de Halley” mostra que o ministério levítico era amplo em suas atividades, diferente em relação ao que se pensa em nossos dias. Os levitas tinham uma atividade honrosa que compreendia:

O serviço no santuário

“Faze chegar a tribo de Levi, e põe-na diante de Arão, o sacerdote, para que o sirvam “Então disse Davi: Ninguém pode levar a arca de Deus, senão os levitas; porque o Senhor os escolheu, para levar a arca de Deus, e para o servirem eternamente”.

O auxílio nos sacrifícios

Nem aos sacerdotes levíticos faltará homem diante de mim, que ofereça holocausto, queime oferta de alimentos e faça sacrifício todos os dias.

No transporte da Arca da Aliança, na responsabilidade para com o ensino da Lei

E Moisés escreveu esta lei, e a deu aos sacerdotes, filhos de Levi, que levavam a arca da aliança do Senhor, e a todos os anciãos de Israel.

Com boi e com jumento não lavrarás juntamente. Deuteronômio 22:10

Na música “Davi, junto com os comandantes do exército, separou alguns dos filhos de Asafe, de Hemã e de Jedutum para o ministério de profetizar ao som de harpas, liras e címbalos.  Esta é a lista dos escolhidos para essa função:”1 Crônicas 25:1

 

No uso da autoridade para abençoar

“Parece, portanto, que os deveres dos levitas incluíam tanto o serviço de Deus como um papel de relevância no governo civil”,Dr. Halley

 

Davi foi o responsável por inseriu a música como parte integrante do culto, afinal, ele era músico e compositor desde a sua juventude: “E sucedia que, quando o espírito mau da parte de Deus vinha sobre Saul, Davi tomava a harpa, e a tocava com a sua mão; então Saul sentia alívio, e se achava melhor, e o espírito mau se retirava dele”. 1 Samuel 16:23

 

Atribuiu a alguns levitas a responsabilidade musical. No 1o livro das Crônicas capítulos 9.14-33; 23.1-32; 25.1-7, vemos diversas atribuições dos levitas.

Havia então entre eles porteiros, guardas, padeiros, cantores, instrumentistas e

até o tesoureiro era levita (1a Cr. 26.20-28; 2o Cr. 5.13; 34.12).

 

Os levitas em nossos dias

 

Fica claro que o ministério levítico descrito na Bíblia, teologicamente interpretado, não possui nenhuma ligação com os chamados “levitas cristãos” de nossos dias. A começar pela ampla organização ministerial, postura, atividade, contexto histórico, religioso e cultural, promessas bíblicas, seleção, critérios, períodos e épocas.

Mas, não podemos deixar de considerar a forma do uso atual, pois, se torna importante esclarecer aqui, que a verdade no que tange ao “levitismo evangélico”, ficou obscura por causa do erro interpretativo das Escrituras propagado por alguns.

 

Ou seja, se queremos assim considerar o ministério levítico em nosso meio, á luz da Palavra de Deus, todos os que servem em qualquer ministério relacionado ao culto e ao templo, podem e devem ser chamados também de “levitas”.

A falsa ideia de que apenas músicos são levitas, é totalmente contrária aos textos e relatos bíblicos. E mais, se torna um fato irônico chamar de levita todo aquele que serve o ministério relacionado ao culto e ao templo que, muitas vezes, exerce seu ministério na igreja tendo uma irreverência explícita no próprio culto, confundindo a adoração coletiva com seu show particular e, ignorando o conhecimento teológico e profundo da Palavra, o que o distancia mais ainda dos levitas bíblicos que possuíam grande sabedoria das Escrituras e extrema visão espiritual.

 

Para pensarmos…

 

Hoje, você é um levita?

 

“De sorte que, se a perfeição fosse pelo sacerdócio levítico (porque sob ele o povo recebeu a lei), que necessidade havia logo de que outro sacerdote se levantasse,…?”

 

Hebreus 7:11 “Dou aos levitas todos os dízimos em Israel como retribuição pelo trabalho que fazem ao servirem na Tenda do Encontro Números 18:21

 

A igreja é o Templo?

Acaso não sabem que o corpo de vocês é santuário do Espírito Santo que habita em vocês, que lhes foi dado por Deus, e que vocês não são de si mesmos? 1 Coríntios 6:19

Os ministros, pastores, apóstolos, bispos, reverendos, são os nossos sacerdotes?

E, na verdade, aqueles foram feitos sacerdotes em grande número, porque pela morte foram impedidos de permanecer, Mas este, porque permanece eternamente, tem um sacerdócio perpétuo. Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles. Porque nos convinha tal sumo sacerdote, santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores, e feito mais sublime do que os céus; Que não necessitasse, como os sumos sacerdotes, de oferecer cada dia sacrifícios, primeiramente por seus próprios pecados, e depois pelos do povo; porque isto fez ele, uma vez, oferecendo-se a si mesmo. Hebreus 7:23-27

 

(Manual Bíblico de Halley – p. 222, Ed. Vida Nova)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s